Eu sou livre prá adorar; eu sou livre prá dançar

Projeto do Vaticano quer proibir “abusos litúrgicos” nas missas como aplausos e danças

O Vaticano prepara-se para investir contra o que eles consideram de “abusos litúrgicos” nas missas. Entre esses abusos estão danças e aplausos na igreja, e a preferência de coroinhas meninos a meninas.

De acordo com a revista “Jesus”, da Igreja Católica da Itália, o projeto do documento pede aos fiéis que avisem seus bispos ou mesmo o Vaticano quando suspeitarem de abusos. A revista divulgou um resumo do texto, que publicará em sua edição de outubro.

As informações divulgadas por alguns meios de comunicação italianos dizem que as primeiras reações ao projeto foram negativas.

O projeto também desaconselha o uso de textos não-litúrgicos nas missas, como poemas laicos.

Isto me lembra a posição de Mical quando criticou a Davi por ter dançado efusivamente ao Senhor. Aliás, como será que eles vêem esta adoração ardorosa de Davi?

Anúncios