Tremendo! Impressionante!

Nossa estadia em Buenos Aires foi além do que poderíamos imaginar. Como sempre, Deus nos surpreendeu sobremaneira, derramando poderosamente seu óleo fresco sobre nós. No sábado, dia 23/08, participamos de dois cultos da Igreja Rey de Reyes.

No primeiro, o pastor Claudio Freidzon ministrou a palavra e nos apresentou à congregação. Foi uma festa maravilhosa. E, para confirmar que o mover é o mesmo, durante a predicacion ele fez a mesma pergunta que o Pio havia feito no domingo anterior na ABBA: “Se Deus lhe dissesse que a partir de agora não iria te dar nenhuma benção, não iria derramar mais do Seu poder, do Seu fogo, não iria mais acrescentar à tua vida, você continuaria adorando-O, amando-O, frequentando a Sua Igreja?” Foi incrível. A mesma pergunta.

O louvor foi ministrado pela Nancy, uma negra que possui uma voz lindíssima. Ela ministra com autoridade, alegria, unção e amor. Foi impactante poder estar ali vendo ao vivo a alabanza destes irmãos amado.

O segundo culto começou por volta de 22:30hs. Era o culto dos jovens e, embora o adiantado da hora, estava lotado. O louvor foi caracteristicamente “jovem”.

No domingo participamos de mais três cultos, um pela manhã e dois à noite.

À noite, tivemos o privilégio de ver o grupo de louvor número um ministrando ao Senhor. Estavam a irmã Nancy, a irmã dela Agatha, uma negra linda, com uma voz mais maravilhosa ainda, o irmão Ezequiel, que é o líder do louvor da Igreja e tem uma voz belíssima e que ministra com muita unção e outra irmã, Mariana, cuja voz é excepcional também. Um louvor vigoroso, poderoso e extremamente ungido, feito com simplicidade mas com muito zelo e perfeição. Como disse um amigo nosso, “parece um CD tocando.”

O Pastor Claudio Freidzon pediu que nós tocássemos o shofar, instrumento que ele nos viu tocando quando esteve visitando a ABBA. Toda vez que você ler na Bíblia a palavra trombeta, é o shofar que está sendo mencionado. Sim, será tocado um shofar quando da volta de Jesus. E o pastor explicou à Igreja que seria a primeira vez que o shofar seria tocado lá, e isto seria um marco, um novo momento. E foi tremendo! O Heber e o Alessandro tocaram o shofar e a glória do Senhor encheu aquele lugar e foram momentos poderosos na presença do Senhor.

Mas o segundo culto do domingo, para mim especialmente, foi a realização de um sonho. O pastor Claudio Freidzon pediu que nós ministrássemos algumas músicas em português. Por já ter visistado a ABBA ele sabia que nós tocávamos algumas músicas que eles tocam e ele pediu que tocássemos estas músicas em português. E fomos lá. Ministramos “Canto de Alegria”, “Ouves o Tremos dos Montes” e ensinamos para a Igreja “Jesus é Mias”. Foi maravilhoso poder estar na Igreja Rey dos Reyes, conhecida mundialmente pelo mover de Deus que há lá, ministrando louvores ao Senhor. As 80 pessoas da ABBA que estavam lá não se continham em alegria e quebrantamento diante de Deus. Foi um presente maravilhoso que só o nosso Pai pode nos proporcionar.

O Pastor Claudio Freidzon repetia constantemente: “Tremendo! Tremendo! Impressionante o que está acontecendo!”

Recebemos muito lá. E agora fica a responsabilidade de usarmos aqui o que nos foi dado lá na Argentina.

Glorificamos o Teu nome Senhor, pela sua graça e misericórdia sobre as nossas vidas.

Realmente, Tu és tremendo.