agosto 2002


Tá bom Fabinho, esta é para restaurar a tua imagem!

Piadinha politicamente “incorreta”

Após ser derrotado em duas eleições, o Lula se reúne com o FHC e diz:

– Caro FHC, você já ganhou todas de mim. Vamos fazer um acordo pra “mim” ganhar a eleição pelo menos uma vez?

– Não Lula, realmente não dá! — responde FHC.

– Mas por que? — insiste o Lula.

– Porque nem você nem a sua equipe estão preparados. Vamos fazer um teste?

– Ok. – concorda Lula.

– Quem é o filho do seu pai que não é seu irmão?– indaga FHC.

O Lula pensa, pensa e depois desiste:

– Não sei…

– Viu!! Você é burro e não está preparado!! — diz o triunfante sociólogo.

E continua:

– Vou lhe mostrar como a minha equipe é preparada.

Em seguida, ele chama José Serra e repete a mesma pergunta:

– Serra, quem é o filho do seu pai que não é seu irmão?

E o Serra todo sorridente responde:

– Sou eu mesmo!!!

Lula deixa o gabinete do presidente, desolado, e vai para a sede do PT.

Lá ele resolve fazer o mesmo teste com um de seus assessores e chama o Vicentinho para responder a mesma pergunta:

– Vicentinho, quem é o filho do seu pai que não é seu irmão?

– Não sei – responde o sindicalista, após horas pensando.

-Vicentinho, você é burro!! E não está preparado para ser meu assessor retruca furiosamente Lula.

Vicentinho sai desolado e inconformado de não ter conseguido responder a questão. Então ele tem uma idéia: Fazer a mesma pergunta ao intelectual do partido…

– Aloísio Mercadante, me responda uma dúvida.

Quem é o filho do seu pai que não é seu irmão? — indaga Vicentinho ansioso…

E Mercadante responde, todo seguro:

– Ora, sou eu mesmo!!

Vicentinho fica todo contente e volta à sede do partido para conversar com o Lula.

– Lula, já tenho a resposta para sua dúvida – enfatiza Vicentinho – O filho do meu pai que não é meu irmão é o Mercadante!!!

Lula, num ataque de fúria responde com agressividade:

– NÃO, SEU BURRO… É O SERRA!!!!

Não é bunitinhu o Fabinho????


PROJETO DANIEL

O Projeto Daniel visa alcançar os jovens em seu ambiente de estudo e, para tal, reuniões e ministrações são feitas em Faculdades ou Colégios (como neste caso) de Curitiba.

Eduardo, Paulino (Ministrando Louvor), Fabiana, Vanessa e Felipe no Colégio Estadual.

Anelise e Vera dançando para o Senhor no Colégio Estadual.

O Carpinteiro

Um velho carpinteiro estava pronto para se aposentar. Ele contou ao patrão sobre seus planos de deixar as atividades ligadas à construção de casas para aproveitar a vida ao lado de sua esposa e de seus familiares. Para ele, receber o salário daquele mês nem era mais importante. Ele queria apenas se aposentar. O patrão estava bastante chateado por estar perdendo um empregado exemplar. Mas, como um último e pessoal favor, pediu seu empenho na construção de apenas mais uma casa.

O velho carpinteiro concordou, mas no mesmo instante foi possível perceber que seu coração não estaria presente naquele trabalho. E assim, ele trabalhou com desleixo, usando, inclusive, materiais de má qualidade na obra. Foi uma forma infeliz de se encerrar uma carreira. Quando o carpinteiro concluiu seu trabalho, o patrão esteve no local para inspecionar a casa. Ele passou as chaves do imóvel para o carpinteiro e disse:

” Esta é a sua casa. É um presente meu para você.”

O carpinteiro ficou chocado! Que vergonha! Se ele soubesse que estava construindo sua própria casa, teria feito tudo diferente. Isto muitas vezes acontece com a gente. Nós construímos nossas vidas dia-a-dia, e em alguns momentos colocamos menos do que poderíamos em nossas obras. E subitamente percebemos que temos que viver naquela casa que construímos. Se fosse possível fazer tudo de novo, faríamos diferente. Mas o tempo não anda para trás. Todos nós somos carpinteiros.

Na construção da nossa vida, cada dia um prego é batido, uma tábua é ajeitada, uma parede é erguida.

” A vida é um projeto: faça você mesmo.”

Suas atitudes e escolhas de hoje irão construir a casa em que você viverá amanhã. Portanto, construa-a com consciência.

Próxima Página »