março 2002


ESTÁ CONSUMADO

Jo 19:30



Estas foram as últimas palavras de Jesus e selaram definitivamente os caminhos da Humanidade. A partir daquele momento o véu estava rompido e não precisaríamos de mais nada para nos aproximarmos do Pai. Não seria mais necessário sacerdote, holocaustos, rituais de purificação, nada mais era necessaário. A partir daquele momento a comunhão que o Homem havia perdido lá no Éden fora recuperada. Deus não estava triste porque Jesus havia morrido. Ao contrário. Deus estava imensamente feliz porque a partir de agora Ele poderia novamente ter em Seus braços os seus filhos amados. Jesus morreu para nos dar a oportunidade de nos aproximarmos do Pai sem subterfúgios, sem culpa, sem intercessores, sem mágoas, sem mentiras. Jesus morreu para vencer a morte e mostrar que é possível ao Homem alcançar a santidade. Santidade esta, que é necessária para estarmos em comunhão com Deus. Jesus morreu e ressucitou para nos mostrar que, com Deus, somos mais do que vitoriosos. E ser mais do que vitorioso é exatamente isto: ter a vitória além da vitória. A Celebração da Páscoa, para nós cristãos, é um momento singelo, de imensa alegria em nossos corações. Se houver lágrimas, serão de gratidão ao que Jesus Cristo fez por nós. A tristeza não tem lugar no coração do Cristão no período da Páscoa ou em qualquer outro período, porque Jesus morreu mas ressucitou (Glórias a Deus) para nos dar de novo a vida eterna. Tudo está consumado. O que havia de ser feito foi feito. Da parte de Deus não há mais nada a fazer por nós. Ele já deu o Seu máximo. Agora precisamos reconhecer e enternder o que ocorreu ali na cruz. Entender que foi por mim e por você que Jesus esvaziou-se de sua natureza divina e assumiu um corpo humano para padecer, na carne, tentações e humilhações.

Você e eu não precisamos passar pelo martírio que Jesus passou, precisamos, sim é proclamar com nossa boca que reconhecemos o Senhoria do Senhor Jesus sobra as nossas vidas. Precisamos delcarar que ele é o Nosso Senhor e Salvador e que nos submetemos à cobertura do seu sangue sagrado que nos purifica, limpa e sara.

Proclame, todos os dias, toda a hora que Jesus é o teu Senhor, teu Salvador. Mostre ao mundo a alegria que invade o teu coração. Influencie as pessoas ao seu redor com o amor de Deus e mostre-lhes o único caminho que nos pode levar ao Pai: Jesus Cristo.

Nesta Páscoa (como em todos os momentos da sua vida) glorifique ao Senhor, adore-o em verdade em em espírito e busque apenas Nele a solução para todos os teus anseios.

Anúncios
NÃO ESQUEÇA

30/03/2002 – Escala Oração Gf. Coberto de Graça – 17:30hs

31/03/2002 – Escala Oração Gf. Coberto de Graça – 16:30hs e 19:00hs

13/04/2002 – Escala Berçário Gf. Coberto e Graça

Permita-se ser abençoado por estes momentos especiais na presença do Senhor!!

DEUS É FIEL E MARAVILHOSO!!!

Cd Comunhão Cristã ABBA vol IV

Recentemente foi lançado o 4º CD de Louvor e Adoração da Comunhão Cristão ABBA e grande parte dos componentes do Grupo Familiar Coberto de Graça (os pitocos) faz parte do Ministério de Música, assim como tantas outras pessoas (na verdade são mais de 100 pessoas) e, quando ouvimos um testemunho como o descrito abaixo, só podemos render Glórias a Deus, porque Ele é o grande capacitador, o Oleiro que nos molda segundo a sua vontade para que o servimos em graça e plenitude, alcançando vidas e restaurando almas, direcionando-as ao caminho, ao Verdadeiro Caminho, à Verdade e à Vida que é o nosso Amado Jesus.

Pai, Abba Pai, obrigado por permitir que nós façamos parte desta Tua obra!!!

E-mail enviado pela Anelise:

“Tony, a minha amiga Verinha conhece esta menina que é da igreja Batista da Lagoinha e mandou de presente as fotos da cantata de natal ( danças ) e o último CD da ABBA ( nº 4 )…Olha a resposta e o que aconteceu por lá!!!!

De: juliana leao

Enviada em: segunda-feira, 25 de março de 2002 13:10

Para: Verinha

Assunto: texto para ABBA

Belo Horizonte, 25 de Março de 2002.

Aos adoradores da Comunhão Cristã ABBA,

Deus é Fiel meus amados irmãos!!!!

Dias atrás chegou em minha residência um sedex já esperado, porém não sabia o que havia dentro daquele pacote. Ao abri-lo e sentindo que se tratava de um cd, as lágrimas copiosamente começaram a cair dos meus olhos, continuavam, ao ver que era o cd tão esperado, onde encontravam duas músicas que eu sempre desejei te-las, e quando eu as escutavas as lágrimas continuavam e minhas mãos erguidas aos céus em gratidão por aquele precioso presente, e por desejar ser tudo aquilo que essas músicas expressavam. A partir deste dia, estas ministrações passaram a fazer parte de nossas vidas e da nossa casa, este passou a fazer parte diariamente de minhas orações, no melhor momento do meu dia, onde entro no ” recôndito do meu quarto” como ambiente de adoração buscar a presença do meu “Pai”. Adoração porque nasce de adoradores, pois os olhos do Senhor estão diretamente fitados nos corações, não em uma voz afinada, ou um instrumento tocado com tanta perfeição, mas sim em um coração que só almeja, adorá-Lo, adorá-Lo e adorá-Lo. A cada dia vivo uma nova experiência quando escuto estas músicas, tento desesperadamente mostrar as pessoas o que significa “Escrever a história de Deus nesta nação”. Durante um almoço em minha casa, estava um amigo meu, que inclusive é um dos integrantes do ministério de louvor Diante do Trono, e quando ele começou ouvir uma das músicas ele parou para escutá-la, e mostrou seu braço arrepiado, e disse que uma alegria, uma grande alegria em adorar à Deus o inundava naquele momento. Compartilhei também com o Pastor responsável por todos os ministérios de louvor, teatro e dança aqui da Igreja, que ele precisava ensinar estas músicas, tão grande o meu desejo que as pessoas sintam o que tenho sentido… Aqui faço parte do ministério Escola de Cura com o Pr. André Valadão, sou responsável por um trabalho que fazemos em uma colônia de moradores de pessoas atingidas pela Hanseníase, que antigamente eram conhecidos como leprosos. Deus me deu um chamado, para estar atuado especificamente em meio deles, e como em todo o ministério para o nosso aprendizado e crescimento temos enfrentado muitas lutas, e Deus colocou em meu coração que o tema deste ministério a nossa oração deveria ser o que diz a música “Escreverei a história”. Então em nossa reunião de oração semanal levei cópias da música para todos os da equipe, e escutamos a música por diversas vezes, ao término, as pessoas estavam chorando quebrantadas porque era tudo o que precisávamos ouvir. Este ministério é algo que nos faz deparamos com pessoas não só mutiladas fisicamente, mas mutiladas na alma, o que temos visto naquele lugar é algo que muitas pessoas neste Brasil acham que nunca existiu, creio que as pessoas principalmente os evangélicos precisam saber que existem pessoas morando dentro de uma colônia já há 50 anos, meio século, sem ver um, apenas um familiar ou amigo, sem saber até mesmo como se liga um rádio, que sonha ainda, poder rever um desses, pessoas que tem uma lembrança viva de rejeição, abandono, dor, preconceito, injustiça, e quem falará do amor de Cristo para estas pessoas??? Quem irá toca-los da mesma maneira como Jesus tocou aquele leproso? Quem irá se dispor em abraçar uma pessoa com mãos

atrofiadas, pernas amputadas, em lugar do nariz apenas um orifício, mal cheirosas pelo mal cuidado, pela úlcera da pior espécie que nunca se fecha….”SIM VERDADE É QUE AO ERGUERMO-NOS, COM O PODER DE DEUS, E A PALAVRA EM MÃOS, OS MILAGRES SIM, VAMOS TODOS VER, QUEBRANTADOS VÃO A HISTÓRIA FAZER…QUANDO O POVO ORAR, MORTO VÃO VIVER, E CEGOS HÃO DE VER….PRECISAMOS CORRER, PRECISAMOS MORRER PARA TI Ó DEUS….Em um de nossos cultos dentro da colônia, eu fiquei tão desesperada pela vida medíocre que eu estou vivendo, vida inconstante, sem quebrantamento, me senti que não estamos fazendo nada, Deus não esta preocupado com o que fazemos, mas quanto tempo gastamos na presença d’Ele, eu senti que mais do que tudo, mais do que uma visita a estas pessoas, eu preciso conhecer Sua glória, que quando conhecemos a Glória de Deus, quando buscamos a face do “PAI” os milagres vão acontecer, cegos hão de ver, aleijados hão de andar, pernas nascerão, braços nascerão, mortos viverão, almas serão limpas, surdos ouvirão, o câncer simplesmente desaparecerá, em lugar de pés com úlceras, será pés como os da corça…

Amados, Vale a pena se entregar completamente a JESUS, TUDO A JESUS. Porque quando estou nAS MÃOS DO OLEIRO, Ele nos faz conforme Seus sonhos, Ele organiza cada peça de nossa vida conforme o melhor para nós, nas mãos do Oleiro é o lugar de cura, de libertação, porque Jesus é nossa única verdade, “A VERDADE VOS LIBERTARÁ“. VEM É HORA DE ADORÁ-LO, porque quando O adoramos nós DIZEMOS SIM DEUS, EU VOU ERGUER MÃOS SANTAS, passaremos pelo fogo porque “eu e Deus somos inseparáveis”, porque nem a fornalha no limite de sua temperatura pode superar a presença de Deus. Querido irmão não temas as lutas, as provas, porque o diabo está SOB MEUS PES, PODES TU CRER, que Deus MANDA FOGO em forma de coluna, onde o inimigo não pode te tocar. VEJA O QUE O SENHOR FEZ, ERGUI MEUS OLHOS para os montes, onde encontrei meu refúgio, meu conforto, e minha Luz. JESUS, AQUELE QUE ME AMOU, aquele que te amou, que nos amará DE ETERNIDADE A ETERNIDADE, para podermos dizer ESCREVEREI A HISTÓRIA de Deus nesta nação.”

Amém. Obrigado Senhor por este testemunho.

Detalhe: A juliana Leão usuou o título de cada uma das músicas do CD para escrever o último parágrafo.

O dia em que o Sol parou

Cientistas da NASA, a agência espacial norte-americana, no a einício da década de 80, em Green Belt, Maryland, dedicaram-se a uma exaustiva pesquisa, com o uso dos mais modernos recursos da Informática, para estabelecer a posição exata do Sol, da Lua e dos diversos planetas do nosso sistema solar durante o milênio.

Harold Hill, presidente da companhia de engenharia Curtis, com sede na cidade de Baltimore, também em Maryland, relata sua experiência no cargo de consultor do programa espacial daquele período:

“Precisamos desses dados para que satélites possam ser lançados ao espaço para missões de exploração de novos corpos celestes sem que entrem em rota de colisão com qualquer um deles. Como pretendemos construir foguetes não-tripulados com autonomia para muitas e muitas décadas no espaço, precisamos traçar sua trajetória com precisão para que as gerações futuras venham a receber e analisar os dados enviados por eles. Nós e os cientistas da NASA, descobrimos que falta um dia no calendário universal. Envolvido nesta pesquisa, pude presenciar uma descoberta fantástica: falta um dia na história do universo!”

Eis como tudo aconteceu: Os engenheiros da NASA colocaram os dados no computador para que ele determinasse a exata posição dos astros, tanto no passado quanto no futuro, e então surgiu um impasse. O computador subtamente interrompeu o programa e mostrou na tela um aviso de que havia algo errado nos números que lhe serviram de base para os cálculos.

Entretanto, havia entre eles um evangélico que falou sobre a história de Josué. Os engenheiros da IBM foram imediatamente chamados para verificação de um possível defeito e, após um cuidadoso exame de toda a rede de informática, garantiram que estava tudo em ordem. Foi então, que esse membro evangélico que fazia parte da equipe, lembrou-se de que Josué, segundo os textos sagrados, certa ocasião ordenara ao Sol que parasse e contou o episódio aos seus colegas. Ninguém acreditou, a princípio, pois todos os outros cientistas eram acostumados a fatos concretos. Assim, eles o desafiaram a provar o que dizia. O cientista, ao ser desafiado, pegou a Bíblia e mostrou Josué 10:12 “Então Josué falou ao Senhor, no dia em que o Senhor entregou os amorreus nas mãos dos filhos de Israel; e disse, na presença dos israelitas: Sol, detém-te sobre Gibeom, e tu, lua, no vale de Aijalom”. Explicou-lhes que Josué se encontrava rodeado por inimigos e se a noite caísse, eles poderiam sobrepujá-lo. Pediu, portanto, a Deus que o Sol parasse, e assim aconteceu, o Sol não se pôs o dia todo.

Depois destas explicações, resolveram colocar esses novos dados nos computadores para ver se era realmente o dia que faltava e, voltando no tempo, achamos uma resposta aproximada. O período que faltava no tempo por causa do pedido de Josué era de 23 horas e 20 minutos; não era, portanto, um dia inteiro, conforme garantiam os computadores da NASA. Com esse resultado, os cientistas voltaram ao livro de Josué e acharam o capítulo 10 v.13: “E o Sol se deteve, e a Lua parou, até que o povo se vingou de seus inimigos… O sol, pois, se deteve no meio do céu, e não se apressou a pôr-se, quase um dia inteiro”. Bem, o texto bíblico confirmava que não era exatamente um dia inteiro e esse achado foi muito importante, mas ainda assim continuavam em dificuldades, porque faltavam 40 minutos, e não é possível realizar cálculos para séculos futuros com um erro desse tipo.

Após algum tempo, aquele cientista evangélico se lembrou de outra passagem bíblica que mencionava outro episódio a respeito do sol. Dessa vez o astro maior teria regredido no tempo. Todos ficaram atônitos… absolutamente mudos! Novamente o primeiro impulso foi de descrédito, porém, utilizando-se de um programa específico para consultas bíblicas, chegaram ao seguinte texto: II Reis 20: 8 à 11 ? “Ezequias disse a Isaías: Qual será o sinal de que o Senhor me curará, e de que ao terceiro dia subirei à casa do Senhor? Respondeu Isaías: Ser-te-á isto da parte do Senhor como sinal de que Ele cumprirá a palavra que disse: Adiantar-se-á a sombra dez graus, ou os retrocederá? Então disse Ezequias: É facil que a sombra adiante dez graus; tal, porém, não aconteça, antes retroceda dez graus. Então o profeta Isaías clamou ao Senhor; e fez retroceder dez graus a sombra lançada pelo sol declinante no relógio de Acaz”.

Ficaram todos quietos naquele momento. A incredulidade por causa daquilo que é concreto foi fulminada pelas palavras de um livro milenar, muitas vezes ignorado. Dez graus são exatamente 40 minutos que, somados às 23 horas e 20 minutos do tempo utilizado por Josué, formam precisamente as 24 horas (um dia) faltantes em nossos cálculos.

(Texto extraído de depoimento do Dr. Harold Hill e adaptado pela Revista Plenitude nº13 ? enviado por Paulo Henrique Vieira)

PITOCOS URGENTE!!!!!!!

ESTEJAM EM ESPÍRITO DE ORAÇÃO NO DIA DE HOJE.

A JU SILOTO ESTARÁ SOFRENDO UMA CIRURGIA PARA RECUPERAÇÃO DO FÊMUR POR VOLTA DAS 14:00hs.

Vamos apoiá-la como Grupo Familiar

Deus Sabe…

Quando você está cansado e desencorajado

por esforços que não deram frutos

Deus sabe o quanto você tentou …

Quando você chorou por longo tempo

com o coração cheio de angústia

Ele contou suas lágrimas .

Se você sente que sua vida está perdida

e que muito tempo também se perdeu

Ele está confortando você …

Quando você está solitário

e seus amigos estão muito ocupados

para um simples telefonema

Ele acompanha você …

Quando você sente que já tentou de tudo

e não sabe por onde recomeçar

Ele tem a solução …

Quando nada mais faz sentido

e você se sente frustrado e deprimido

Ele tenta lhe mostrar respostas …

Se de repente

tudo lhe parece mais brilhante

e você percebe uma luz de esperança,

nesse momento

Ele soprou nos seus ouvidos .

Quando as coisas vão bem

e você tem muito para agradecer

Ele está festejando com você …

Quando algo lhe traz muita alegria

e você se sente refortalecido

Ele está sorrindo para você …

Quando você tem um propósito a cumprir

e um sonho para seguir

Ele abre seus olhos e o chama pelo nome …

Lembre-se que onde você estiver

seja na tristeza ou na felicidade,

mesmo que ninguém mais saiba,

Deus sabe …

(autor desconhecido)

UMA VISITA ILUSTRE



Era uma vez um rapaz que tinha muitos problemas. Constantemente, em suas orações, ele pedia que Jesus viesse visitá-lo no seu sofrimento.

Um dia, Jesus bateu à sua porta. Ele maravilhado, convidou-O a entrar, e Jesus sentou-se no sofá da sala. Na mesinha de centro encontrava-se uma Bíblia aberta no Salmo 91. Numa das paredes estava pendurado um bordado com o Salmo 23 e na outra um quadro da santa ceia.

“Senhor Jesus”, disse o jovem, “em primeiro lugar gostaria de dizer que é uma honra recebê-lo em minha casa. Conforme o Senhor deve saber, estou passando por algumas dificuldades e preciso muito da Sua ajuda”.

“Filho”, interrompeu Jesus, “antes de conversarmos sobre os seus pedidos, gostaria de conhecer sua casa. Onde é o lugar em que você dorme?”

No mesmo instante o rapaz se lembrou que guardava, no quarto, umas revistas terríveis e se apressou em dar uma desculpa:

“Não, Jesus, lá não! Meu quarto não está arrumado!” ·

“Bem”, disse Jesus, “e a cozinha, posso conhecer sua cozinha?”

O rapaz lembrou que na cozinha havia algumas garrafas de bebida que ele não gostaria que Jesus visse.

“Senhor, desculpe, mas prefiro que não”, respondeu o rapaz, “a minha cozinha está vazia, não tenho nada de bom para oferecer-lhe.”

Nesse instante, um barulho forte interrompe a conversa. Pam, pam, pam…!

Era alguém que batia furiosamente na porta, o rapaz se levantou, assustado, e foi ver quem era.Abriu a porta meio desconfiado e viu que era o diabo.

“Sai da frente que eu quero entrar!” Gritou o tentador.

“De jeito nenhum”, respondeu o rapaz, e assim começou a briga. Com muita dificuldade o homem conseguiu empurrar o diabo e fechar a porta. Cansado, o rapaz voltou para sala e continuou:

“Então, Jesus”, disse ele, “como eu estava falando com o Senhor, estou precisando de tantas coisas…”

Mas, outra vez a conversa é interrompida por um barulho forte que vinha da janela do quarto. O rapaz correu para ver quem era e ao abri-la se deparou, novamente, com o diabo:

“Agora não tem jeito, eu vou entrar!” Disse o inimigo. Mais uma vez o rapaz se debateu com ele e conseguiu trancar a janela.

“Senhor”, disse ele, “desculpe a interrupção,conforme lhe dizia…”

Outra vez, dos fundos da casa, se ouvia tamanho barulho como se alguém quisesse arrombar a porta, era novamente o diabo:

“Eu quero entrar!”

O rapaz, já exausto, lutou com ele e conseguiu mantê-lo do lado de fora. Ao voltar, contrariado, disse a Jesus:

“Eu não entendo. O Senhor está na minha casa e por que o diabo fica insistindo em entrar?”

“Sabe o que é meu filho”, explicou Jesus, “é que na sua casa você só me deu a sala.”

O rapaz humildemente entendeu a lição de Jesus e fez uma faxina na casa para entregá-la aos cuidados do Senhor. Nesse instante, o diabo bateu mais uma vez à porta. O rapaz olhou para Jesus sem entender e o Senhor disse:

“Deixe que eu vou atender.”

Quando o diabo viu que era Jesus que atendia a porta, disse:

“Desculpe, foi engano,” e sumiu rapidinho.

Muitas vezes, é assim que acontece com o nosso coração. Entregamos a Jesus só uma parte dele, apenas a sala, ficando as dúvidas a morar no quarto, o descaso na cozinha, o medo na varanda. Então lutamos e não vencemos porque a casa está dividida.

“Os olhos do Pai passeiam por toda a terra para se mostrar forte para com aqueles cujo coração é inteiramente Seu.

” ·Desculpe, foi engano…”

Medite nisso, pois você está lendo esta mensagem e não foi por engano!!

Que Deus te guarde e abençoe.

Amém.

Próxima Página »