Louvor Adoração e, Entrar na Glória de Deus

Lindell Cooley

Pastor e Ministro e Louvor Na Igreja Assembléia de Deus de Brownsville – Pensacola – EUA.

Trad. por : Dr. Joliam P. Sampaio

Nós estamos no meio de uma colheita tamanha que eu nunca havia sonhado. Todas as vezes que nos reunimos, centenas são acrescentadas ao Reino. Eu sou muito grato a Deus por Ele permitir que eu faça parte disto, não estou mencionando o poder sentar na primeira fila! A medida que eu compartilho o que está acontecendo no Avivamento em Brownsville com pessoas ao redor do mundo, eu continuo a ouvir perguntas como essa, Quem são as pessoas que estão sendo salvas cada noite? Eles são realmente novos convertidos, ou estão se reconciliando?

Bem, parece que o Senhor tem chamado os pródigos de volta para casa como também aqueles que ainda não O conheciam como Salvador. Aliás, por que nós sempre trazemos a tona a palavra reconciliação? A última vez que eu li a Palavra de Deus, ela diz, Seja quente ou frio. O Senhor diz: “Se você estiver morno eu te vomitarei da minha boca”. Então poderia estar dizendo que Deus está chamando discípulos passivos, “no fogo”, para tomar a Cruz e segui-lo.

Com tantas pessoas vindo a Cristo, eu estou percebendo a necessidade de aprendermos como entrar na Sua presença. Não somente os novos convertidos, mas também os santos que já estão na igreja por muito tempo. Entrar na Sua presença requer uma foco intenso e muitas vezes, sacrifício.

Quando eu venho diante do Senhor para O adorar, eu percebo que Ele conhece o sacrifício do meu coração. Quando eu venho diante do Senhor para o adorar , eu percebo que Ele conhece o meu coração melhor que eu, então tentar colocar pretensão religiosa é perda de tempo. Ele vê através disso, então seja honesto e verdadeiro. Comece a agradece-lo pelas bênçãos que Ele tem te dado e também dizendo como é bom conhecer a Ele. Fazer algumas lembranças é uma boa forma de aquecimento. Quando você começa a agradecer por Ele ter te tirado do buraco que você mesmo cavou, isto te mantém no foco.

Não se esqueça que Deus criou o seu espírito, alma e corpo, e do mesmo modo que você gosta de ouvir palavras de amor e apreciação das pessoas que você ama, ELE TAMBÉM GOSTA! Diga a Ele como você o ama e anseia por Ele, e deseja vê-lo face a face.

Não fique somente em frases que você ouve os outros dizerem. Seja você mesmo, diga a Ele o que você sente por Ele com as sua próprias palavras. Não quero que você me compreenda mal, não quero dizer que você não deve usar palavras como “aleluia” ou “glória” porque no Inglês (Português no nosso caso) não existem palavras que possam substituir essas palavras. O que estou dizendo é: Permita que o Espírito de Deus flua através de você em adoração.

Haverá algumas vezes na adoração que quando você estiver na presença Dele, você não irá usar nenhuma palavra. Essa quietude diante do Senhor é algo que é estranho a muitos cristãos. Eles normalmente sabem como gritar, cantar, dançar e como ser exuberante, mas não sabem nada sobre o mover santo que até mesmo palavras ou línguas de qualquer modo, quebrariam a atmosfera. Isto é quando a santidade de Deus está tão perto que você sente que você pode alcança-lo e tocá-lo. Este é um lugar de rendição, um lugar onde você se perde em Deus.

Muitos não virão a esse lugar, porque não querem perder o controle. Uma outra razão pela qual pessoas não querem vir a esse lugar de intimidade com Deus é por terem medo dos outros estarem olhando ou do que possam pensar ou dizer sobre elas.

Será que devemos permitir que o pensamento do homem finito afete a nossa adoração e diminua a nossa paixão pelo nosso infinito Deus? Não acho que sim! Além do mais, a voz do crítico durará poucos anos, mas o nosso relacionamento com o Pai Celestial é eterno. Então a minha escolha é abundar mais ainda no louvor, amor e adoração ao meu Senhor, e eu sou capaz disso. E quando eu esgotar o meu vocabulário, vou pedir ao Senhor que me de palavras que trarão prazer a Ele.