PARA RAQUEL (nosso amor, a Bíblia explica)

Como és formosa, amada minha! Como és formosa (Ct 4:1)

Pus meu anzol no teu nariz (IIRs 19:28)

Para que jamais afaste-se de mim (Gl 4:17)

Pois está escrito: arrebatai cada um sua mulher (Jz 21:21)

E goza a vida com a mulher que amas (Ec 9:9)

Por que o que acha uma esposa, acha uma coisa boa, e recebe o favor

do Senhor (Pv 18:22)

Estima-a e ela te exaltará (Pv 4:8)

A mulher virtuosa é a coroa de seu marido (Pv 12:4)

Olha pelo governo da sua casa (Pv 31:27)

És justa, por isso nossa morada é abençoada (Sl 3:33)

Em nosso lar manifestas abundância de paz e verdade (Jr 33:6)

Pois amas a verdade e a paz (Zc 8:19)

Buscas aperfeiçoar a nossa santificação (II Co 7:1)

És linda porque tens um coração alegre (Pv 15:13)

Pois o justo alegra-se no Senhor (Sl 64:10)

Pôs alegria no meu coração (Sl 4:7)

Por ser sábia herdará honra (Sl 3:35)

És sábia porque ouve o conselho e recebe a instrução (Pv 19: 20)

Ajuda-me com suas orações (II Co 1:11)

Suas palavras são agradáveis, temperadas com sal, pois sabes como deves

responder a cada um (Cl 4:6)

Sua palavra me é no coração como fogo ardente (Jr 20:9)

Sua língua branda, quebranta meus ossos (Pv 25:15)

Vaso de alabastro cheio do precioso bálsamo (Mt 26:7)

Em ti encontro abrigo e sombra contra o calor do dia, refúgio e esconderijo

contra a tempestade e a chuva (Is 4:6)

Me és como água fria, quando estou cansado (Pv 25:25)

Alargas os meus passos para que não vacilem meus pés (II Sm 22:37)

Como edificadora, ao meu lado estabelece os alicerces do Senhor em nossa

casa (Ed 3:10)

Para que Deus faça-nos saber o caminho em que devemos andar (Ex 18:20)

Para que sejamos cheios de toda a Sua plenitude (Ef 3:19)

E ceifemos a colheita para a vida eterna (Jo 4:36)

És minha eleita, em quem se compraz minha alma (Is 42:1)

Deleito-me em fazer a tua vontade (Sl 40:8)

Aonde quer que fores irei, e onde quer que pousares ali pousarei (Rt 1:16)

És como a luz da manhã ao sair do sol, da manhã sem nuvens, quando,

Depois da chuva, pelo resplendor do sol, a relva brota (II Sm 23:4)

Anúncios