PÉS MARAVILHOSOS

Quão formosos sobre os montes são os pés do que anuncia as boas-novas… (Is 52.7)

Fui convidado a pregar em uma igreja no Nepal. O culto todo era em nepali. Como eu não entendia nada, aproveitei para olhar o povo de perto. Havia ali uma senhora que prendeu a minha atenção.

Quando um cântico era entoado, suas feições se transformaram enquanto ela adorava. Em suas mãos alguns dedos faltavam por completo, enquanto que outros apenas em parte. “Esta mulher foi leprosa!”, pensei. Embora curada, as conseqüências desta enfermidade eram visíveis. Mais evidente, porém, era o esplendor divino em sua face.

Depois do culto, me dirigi a esta mulher. Soube que não sabia ler nem escrever, mas vem à igreja para ouvir. Assim aprendeu que Deus a ama e hoje é filha de Deus. Falar de Cristo é contra a lei neste país, de modo que ela passa pelos campos durante a semana e convida as pessoas para irem à igreja no sábado. Se eles vêm, ouvem que Deus os ama e quer perdoar os pecados deles.

Perguntei para a tradutora se alguma pessoa veio em razão deste convites. Ela respondeu: “Sim, sempre aparecem pessoas novas na igreja. Não sabemos de onde ela os tira!”

Os pés desta mulher leprosa são doces! Eles podem ser desfigurados e sujos, mas a levam pelos campos de arroz nas montanhas do Nepal afim de convidar as pessoas a vir e ouvir que Deus as ama.

Pitocos vamos influênciar as pessoas que estão ao nosso redor no dia-dia e levá-las para igreja…vamos ser chamados de crentes pelos outros. Por exemplo:

Rodinha de amigos na faculdade,e lá vem o Paulino andando e logo eles dizem: – Lá vem o crente….

É isso aí gente, crente e apaixonado por Jesus…vamos passar essa paixão para os outros. Até mais,

Anúncios